Cecília Vaz

Apenas um resultado

Os anos 1920 entraram para o imaginário ocidental como os “loucos anos 20”, conhecidos pela busca desenfreada do prazer e do divertimento, que se segue aos críticos anos de guerra, mas também da vontade de inovar, modernizar e liberalizar costumes e comportamentos.

Os clubes noturnos e os cabarets são um símbolo e um exemplo do espírito dos tempos então vividos, onde a transgressão era vista como mote de modernidade.

Partindo do inventário dos clubes noturnos modernos existentes em Lisboa entre 1917 e 1927, este livro leva-nos a percorrer diversos aspetos da vida destes clubes, o tipo de atividades e sociabilidades que promoviam, e a caraterização e motivação de quem os frequentava.

Uma página única e irrepetível da história de Lisboa, numa viagem a um tempo que nos continua a fazer sonhar e a povoar a nossa imaginação.